Escolha uma Página

 

Gustavito e a Bicicleta – Quilombo Oriental

 

 

 

CD

2015

Belo Horizonte/MG

 

Ouvir

Sobre

O disco “Quilombo Oriental” traz em sua essência uma forte ligação com o bloco de carnaval “Pena de Pavão de Krishna”, com referência às culturas afro-brasileira e indiana, e ao movimento cultural, social e político que vem transformando o carnaval de rua de Belo Horizonte.

O disco traz uma sonoridade bastante brasileira e solar, com canções conectadas a uma atmosfera de cores vivas e ritmos alegres, que pulsam nos arranjos executados com desenvoltura pelos talentosos músicos da banda “A Bicicleta”, que acompanha o compositor Gustavito há quatro anos. A banda é formada pelos jovens músicos da capital mineira Yuri Vellasco (bateria), Pablo Passini (guitarra), Felipe José (contrabaixo) e Christiano de Souza (percussão). Tendo como traço marcante o processo de produção colaborativa, “Quilombo Oriental” foi parcialmente gravado no estúdio “Casa Azul”, um importante coletivo que reúne diversos artistas independentes de Belo Horizonte. As bases instrumentais foram gravadas ao vivo, no estúdio “Camarada”, em parceria com o músico e engenheiro de som Kiko Klaus, conferindo ao disco uma sonoridade orgânica e natural. A essas bases somam-se as vozes das cantoras Luana Aires, Irene Bertachini e Deh Mussolini, em arranjos inovadores que prometem surpreender o público. Além dos oito músicos de “A Bicicleta”, os shows de lançamento contarão ainda com a participação especial da clarinetista Joana Queiroz (RJ), que também participa da gravação de algumas faixas do disco.

As 11 faixas de “Quilombo Oriental” remetem ao processo de transformação pessoal pelo qual vem passando o compositor Gustavito, em sintonia com o tempo e a cidade, marcada pelo carnaval de rua e pela afro-brasilidade, mesclada a uma intenção de busca espiritual. Essa marca foi naturalmente agregada ao trabalho do artista a partir da manifestação do bloco “Pena de Pavão de Krishna”, onde o compositor atua como cantor e violonista, conduzindo melodicamente a celebração de mantras eclássicos da MPB em ritmo de Ijexá. O álbum “Quilombo Oriental” expressa a resistência da cultura popular associada à espiritualidade expandida: a flor de lótus do tambor.